Simone Silva: Meu filho depois do Mapeamento de Fala

Simone Silva: Meu filho depois do Mapeamento de Fala

Meu filho depois do Mapeamento de Fala 

Depoimento de Simone, mãe do Daniel, 5 anos – 1 ano após ter realizado os ajustes com base 

 

Vou contar um pouco sobre o meu filho depois do Mapeamento de Fala. 

Sou mãe de uma criança com perda auditiva severa, hoje, com cinco anos de idade. Descobri sua perda quando ele tinha dois anos e meio, simplesmente, porque ele não falava , ou seja, não tinha linguagem.  

Tão logo soube da surdez, busquei a reabilitação auditiva com o uso de aparelhos (AASI) e fonoterapia .

A primeira maior dificuldade foi a regulagem dos aparelhos auditivos.  Percebi que era bastante complexo acertar a programação para uma criança que não sabe dizer se está bom ou ruim. 

Não são raros os depoimentos de pessoas descrevendo a dificuldade para compreender fala, ouvir TV ou falar ao telefone mesmo com aparelhos.  

Sempre me perguntei se meu filho realmente estava ouvindo, já que as primeiras palavras demoravam a surgir. 

As fonos sempre me explicavam que precisava dar tempo para a criança, que passa primeiro por uma fase de escuta e somente depois seria capaz de produzir fala. 

Então, fomos caminhando. Eu notava que nem sempre Daniel percebia os sons, mesmo com aparelhos.  

Sempre muito agitado e sem foco (atenção). 

Pesquisei muito durante todo esse tempo para entender melhor a surdez, pois eu desconhecia completamente esse universo. 

Um dia, li num comentário de um blog, um questionamento a respeito do mapeamento de fala.  Perguntei sobre este teste, contudo nenhum profissional conhecia. Isso ficou guardado na minha mente. 

Persistia a dificuldade para ajustar adequadamente os aparelhos auditivos.  Além disso, a compreensão do Daniel ainda gerava dúvidas. Inclusive foi indicado o implante coclear.  

Nesse momento, decidi ir à Sorocaba conhecer o trabalho da Dra.Luciana Garolla. 

Profissional sensível e interessada, que abriu sua agenda para nos atender numa segunda-feira de carnaval!! 

Melhor decisão que tomei na vida! Encontrei uma profissional altamente capacitada, segura e totalmente disponível para esclarecer todas as minhas dúvidas  

 

Meu filho depois do Mapeamento de Fala

Passei 3 horas em seu consultório com meu filho, que saiu de lá ouvindo a fala. Foi muita clara a reação do Daniel, que ao colocar os aparelhos arregalou os olhos e levou a mão esquerda ao ouvido, como quem dizia estar ouvindo. 

Desde então, progressos incríveis.  

Atualmente, meu filho compreende tudo, inclusive TV e telefone. Sua linguagem enriquece a cada dia. Ele já formula pequenas frases, expressa suas vontades e se faz entender com clareza. 

Enfim, tudo mudou, inclusive o comportamento.  Está mais calmo e sua atenção melhorou muito. Tem excelente rendimento escolar.  

Surpreende a cada dia, a ponto da Fonoterapeuta dizer que ele está “Top”. 

Claro que existe um conjunto de providências para se obter bons resultados.  São necessárias sessões de fonoterapia  e a participação da família.  Contudo, sem nenhuma dúvida, afirmo que o mapeamento de fala faz toda diferença para estabelecer a audibilidade da fala. 

Todos nós ouvimos para aprendermos a falar.  Isso o mapeamento nos trouxe, a possibilidade do Daniel  ouvir a fala  e aprender a falar. 

Serei sempre grata a está profissional maravilhosa.  Muito obrigada Dra. Luciana Garolla.  

 

Simone Silva, mãe do Daniel,  5 anos, perda severa, realizado, ouvindo tudo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *